Matueté Blog

Sem categoria

3 de setembro de 2019 0

:: Insider | Sem categoria

Cruzeiros de expedição

Foi-se o tempo em que viajar de navio era sinônimo de passar dias ao mar curtindo um serviço primoroso e, nas paradas, fazer passeios breves e pré-determinados em cidades mais turísticas. Quando se fala em cruzeiros de luxo, a ordem da vez são as viagens de expedição.

A ideia é desbravar destinos remotos, mas sem abrir mão do conforto. Não à toa, companhias tradicionais já têm seus roteiros de aventura. Pensadas para grupos menores, são viagens com uma programação flexível, que pode variar de acordo com as condições climáticas ou (boas) surpresas encontradas pelo caminho.

Que tal navegar entre inúmeras morsas em uma praia deserta ou visitar uma ilha de 20 habitantes em que pouquíssimos barcos chegam a cada ano?

Read the rest of this entry »

Posted by
2 de maio de 2019 0

:: Sem categoria

O ano começa e, com ele, a sensação de renovação e um mundo de possibilidades. Explorar novas fronteiras, experimentar e descobrir as belezas e peculiaridades de culturas mundo a fora.

Quais itens da sua #bucketlist você quer “ticar” esse ano?

Para te inspirar nas escolhas dos destinos de 2019, fizemos uma seleção especial que vai de lugares autênticos como Omã aos queridinhos da vez, como Egito e Butão. Seja qual for a sua escolha, pelo Brasil ou pelo mundo, estamos aqui, prontos para te ajudar a viver momentos inesquecíveis e experiências espetaculares.

____________________________________________________________________________________________________________

Auckland por Bobby Betenson 

“Waiheke fica a 30 minutos de balsa do centro de Auckland e é para onde os locais vão para relaxar durante o verão. Passeios de barco, vinícolas, galerias de arte, praias e grandes produtores de azeite são algumas das atrações da ilha. Minha sugestão é passar um dia todo por lá, saindo do lugar comum quando se está na cidade na melhor época do ano.

Quando ir? Janeiro.

Cambodia; Siem Reap; Angkor Wat in late afternoon sun

Camboja por Anita Besson Moraes Abreu

País em reconstrução, que conta com uma culinária fantástica, cheia de sabores e texturas incríveis, além de templos maravilhosos. Minha sugestão é se hospedar em casas Khmer e descobrir lugares inusitados desconhecidos pelo turista comum.

Quando ir? Fevereiro.

 

Lech, Austria

Lech por Gabriela Figueiredo

Ir para a estação de esqui austríaca de Lech em março, significa pistas livres, mas ainda com muita neve! O destino se gaba de ser um dos pontos mais garantidos de neve de boa qualidade nos Alpes e é um dos mais charmosos também.

Quando ir? Março.

yak - butão

Butão por Luciana Dutra

Os dias lindos e claros de abril deixam o Reino da felicidade ainda mais especial. A luz nessa época é única. A caminhada de 4 horas ao Monastério Taktshang Lhakhang ou Tiger’s Nest (Ninho do Tigre) é imperdível.

Quando ir? Abril.

ÁSIA - INDONÉSIA

Indonésia por Luiza Vaz Moreira

Maio ainda é começo da temporada na Indonésia. Com menos turistas, clima gostoso e ondas perfeitas para o surfe, é a melhor época para explorar este paraíso. O pôr do sol em Uluwatu é, para mim, um dos mais lindos do mundo.

Quando ir? Maio.

Lençóis Maranhenses

Lençóis Maranhenses por Heloísa de Palma

Em junho as lagoas de água doce do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses estão cheias, mas os turistas ainda não chegaram em peso. A região está se desenvolvendo rapidamente e começam a aparecer pousadas charmosas, pontos de kite e alguns restaurantes. Um desses destinos para ir logo, enquanto sua essência e beleza se mantêm intactas.

Quando ir? Junho.

Córsega, França

Córsega por Magê Pagano

Uma ilha de paisagens contrastantes, a Córsega tem praias lindíssimas ao sul e montanhas enormes ao centro. Recomendo explorar o sul da “Ilha da Beleza” de barco e ficar em uma casinha restaurada de pastoreio, ultra charmosa, o programa perfeito para passar dias deliciosos de verão.

Quando ir? Julho.

Tapajós

Rio Tapajós por Martin Frankenberg

Imagine navegar pelo Rio Tapajós, uma das regiões mais bonitas da Amazônia, com águas cristalinas, areia branca, sol e “praias particulares”, tudo isso no meio da floresta mais famosa do mundo. Para terminar o dia, nada melhor que aproveitar o silêncio e o céu super estrelado. A região é especialmente linda em agosto, quando chove menos e as praias estão em seu esplendor máximo.

Quando ir? Agosto.

Moray por Carlos OzaiolaVale Sagrado por Thaís Kubo

O Vale Sagrado dos Incas, no Peru, é fascinante. Uma região montanhosa próxima a Cusco, onde os sítios arqueológicos mais importantes do país, como Ollantaytambo. Minha dica é explorar a região num roteiro de caminhada. Setembro ainda é a época seca, sem chuvas, e com dias de céu super azul, as ruinas Incas ficam ainda mais impressionantes e as caminhadas, mais fáceis.

Quando ir? Setembro.

Angra dos Reis  Angra dos Reis por Pedro Treacher

Outubro é um mês especial para uma viagem de barco na região de Angra: o tempo está esquentando, chove pouco e o destino ainda não está repleto de outros barcos como no auge do verão. A baía azul turquesa e mais de 300 ilhas cobertas de Mata Atlântica fazem de Angra um dos destinos de praia mais especiais do Brasil.

Quando ir? Outubro.

Egito por Abercrombie and Kent

Egito por Mayra Latuf

Em novembro, o Egito está na segunda metade do outono e um ótimo momento para se aventurar pelo país. O clima é ameno para visitar as pirâmides e ainda dá para pegar dias de sol e calor para aproveitar a praia nos balneários como Sharm el Sheikh. O must do: navegar pelo Nilo numa dahabiya privativa, embarcação típica desse lado do mundo, a forma perfeita de ver as maravilhas entre Luxor e Aswan.

Quando ir? Novembro

Omã

Omã

Omã por Lara Sarkis I Para mim, Omã é a grande surpresa do mundo árabe: praias lindas, um mar azul turquesa, deserto, wadis, oasis e montanhas. Um país tranquilo que mantém genuinamente sua cultura árabe, proporcionando uma experiência autêntica.  Em dezembro a temperatura fica agradável e por ser um destino ainda menos explorado, é uma ótima opção para o final do ano. Não deixe de provar o café com cardamomo, acompanhado de doces tâmaras

Quando ir? Dezembro.

___________________________________________________________________________________________________________

Aproveite essa seleção e se inspire para as próximas férias.

Abraços,

Equipe Matueté

 

Posted by
6 de junho de 2016 0

:: (a) África | (a) Américas | (a) Ásia | (a) Europa | Acontece por aí | Brazil - Central-west Region | By Matueté | Celebrações | Matueté em Campo | Matueté on the road | Nature | Natureza | Produções Matueté | Sem categoria

Maio foi um mês muito especial na Matueté. Viagens inacreditáveis, novidades saindo do forno, a vida foi animada aqui na rua Tapinás.

Dá uma olhada no que aconteceu, é muito bom dividir com você.

marrocos menor

O mês de maio deu start a uma temporada – até setembro – importante para você que busca se aventurar pelo Marrocos: um roteiro de verão da Maisons de Rèves, conjunto de casas dos sonhos, que podemos até chamar de Oásis.

DSC_3945

 O projeto mais famoso deles é um Kasbah no deserto de Ouarzazate, o Dar Ahlam, mas que fica impraticável no verão marroquino.

Pensando nisso, foi criado um percurso por duas belas casas tradicionais no sul do país, com programas de praia, passeios de bicicleta, contemplação dos campos de argan e da paisagem tranquila.

 DSC_4973

DSC_4641        DSC_4251

 ___________________________________________________________________________

unnamed

A Matueté cada vez mais digital

Esse mês começam os testes de uma nova ferramenta para facilitar a sua viagem. Em parceria com o aplicativo Axus*, você poderá consultar itinerários, reservas, dicas, de qualquer lugar. A primeira viagem com a utilização do Axus acontecerá em breve e voltamos com mais novidades.

___________________________________________________________________________

rev biro tokyo

 

Gabi Figueiredo na Revista do Birô

Para a primeira coluna da nossa Diretora de Viagens, Gabi Figueiredo, o destino escolhido não podia ser mais perfeito: Tokyo. A beleza evidente no caos da cidade é característica marcante e deixa os viajantes com vontade de não voltar.

Leia a coluna na íntegra na Revista do Birô. É só clicar na foto!

 

___________________________________________________________________________

piracaia novo

Maio foi um mês muito especial na área de Villas da Matueté. Destinos para todos os tipos de viagens foram incluídos no nosso portfólio, da represa de Piracaia à Itaipava na serra carioca, casas encantadoras e com diversas atividades se tornam a nossa aposta para as suas férias de inverno desse ano.

kigo

Junto com o lançamento das Casas de Campo, estreamos uma plataforma no lugar do site tradicional da Matueté Villas. O novo site traz informações completas sobre cada destino, facilitando assim a sua busca para o destino perfeito e momentos inesquecíveis em família ou com um grupo de amigos.

___________________________________________________________________________

pantanal

 

Já pensou em passar alguns dias em uma verdadeira fazenda pantaneira, mas com conforto e boa comida?

Durante a temporada de maio a setembro, o Pantanal está em sua melhor época para ser visitado. É quando a água, que antes alagava os campos e pastos, volta para o Rio Negro, as grandes lagoas secam e inicia-se o ciclo da seca. Com isso, toda a enorme variedade de animais do Pantanal se aglomera em torno da água que sobrou. O Vazante do Castelo é um dos maiores – se não o maior – espetáculos de vida selvagem em terras brasileiras.

pantanal

O dia a dia de uma viagem ao Pantanal é dinâmico: safaris, focagem noturna de animais, trilhas na mata, caiaques e, dependendo do lugar, cavalgadas e pescarias. Ao chegar de volta ao lodge, uma boa comida, quartos confortáveis, piscina e uma vista de tirar o fôlego. Não é à toa que o lugar se torna cada vez mais disputado por viajantes de alma aventureira e amantes da natureza de todos cantos do mundo.

Contudo, o Pantanal tem seus segredos, e escolher o lodge certo para cada perfil de viagem é fundamental. As novas acomodações da Caiman – Casa RK e Sede – são a pedida da temporada.

Junto ao Pantanal, é inevitável mencionarmos Bonito, um dos lugares mais lindos do mundo, por que não fazer os dois num roteiro de 8 dias e 7 noites?

308206648_6944052d59[1]  16128188  Departures139

___________________________________________________________________________

bossa

Iniciamos o mês com um foco em Bossa, o que não poderia ser melhor. A preparação de duas lindas celebrações entre amigos na Toscana está a todo vapor, e os detalhes preciosos variam desde a seleção do trio de cordas que acolherá um dos aniversariantes na chegada, à produção do próprio vinho com rótulo da família. Paisagens escolhidas a dedo por onde o grupo passará com suas vespas e logística de todos. Tudo está sendo preparado nos mínimos detalhes para que cada viagem seja produzida com excelência, personalidade e encantamento únicos.

___________________________________________________________________________

Natureza

Uma equipe e a natureza

No corporativo, focamos nossas energias em uma viagem dinâmica de integração, com uma corrida de aventura no meio da mata para os funcionários de uma empresa e suas famílias. Contando com acomodações em um lodge 100% sustentável, a viagem termina com uma festa junina, com direito a quadrilha, fogueira e marshmallows ao cair da tarde.

 

___________________________________________________________________________

highlight

Em maio estruturamos uma das mais incríveis expedições de aventura da Matueté. Uma viagem customizada para estrangeiros pelo Pantanal, Xingu e Rio de Janeiro. Os viajantes acamparam no meio da mata e contaram com paradas estratégicas em instituições como a S.O.S Pantanal, o Projeto Onçafari e a Escola Jatobazinho. Foram feitas doações para cada causa e, nossa equipe, que contou com uma grande campeã de corrida de aventuras, estava sempre um passo à frente para garantir que tudo saísse com perfeição. Foi mais um case de sucesso da Matueté Bossa!

___________________________________________________________________________

Matueté Insider

Destino certo para quem vai para Los Angeles, a cidade costeira de Santa Monica deixa saudade ao lembrarmos do famoso píer com a roda gigante movida a luz solar. Mas o que muitos não sabem é que além de linda, Santa Monica tem o lado artístico rico, e com uma vida social agitada.

Situada num prédio com ares industriais e rústicos, a Bergamot Station é exemplo perfeito do estilo de vida californiano. Um complexo de galerias de arte que recebe até 600.000 pessoas por ano, e que um dia foi uma estação de bonde, ligando o centro de Los Angeles ao Píer de Santa Monica. Foi concebida pelo governo em conjunto com Wayne Black, e hoje em dia é destino certo para os amantes da arte.

___________________________________________________________________________

Bem vindo e Boa Viagem

 

 

Posted by
21 de outubro de 2015 0

:: (a) Europa | Acontece por aí | Culture & History | Dica do Viajante | Sem categoria

Última chamada para uma viagem nas cores e belezas dos tecidos indianos

E quem dividiu com a gente essa novidade foi o Edson José (nosso querido Ed), travel consultant de viagens internacionais e que essa semana faz uma participação especial em nossas mídias sociais.

T2_Textiles_v6

Um dos nossos museus favoritos de Londres, o Victoria & Albert, abriga uma exposição imperdível sobre o mundo dinâmico e multifacetado dos tecidos artesanais da Índia dos séculos XVII a XIX:  The Fabric of India.

São cerca de 200 itens, feitos à mão, dos primórdios do universo têxtil à moda contemporânea: uma verdadeira imersão no tempo!

                 fab9                 2

Um dos tesouros da exposição é a tenda do sultão de Mysore do século XVIII, que mede 58m² e uma tapeçaria de Gujarat, do início do século XX, descoberta por acaso nas ruas de Nova Iorque.

fab4

 A mostra pode ser visitada até 10 de janeiro de 2016, então ainda dá tempo de se organizar.

Thanks Ed :)

 *Fonte das imagens: www.vam.ac.uk/content/exhibitions/the-fabric-of-india/about-the-exhibition/
Posted by
10 de junho de 2015 0

:: *Urban | Acontece por aí | Art & Architecture | Brazil - Southeast Region | By Matueté | Sem categoria | Top 5 | Urbano

Pode até parecer que São Paulo tenha se tornado a queridinha do Street Art mundial do dia pra noite, mas esse reconhecimento é fruto de muita persistência e audácia de vários entusiastas urbanos que, há anos, investem em arte criativa e fazem da cidade um celeiro de artistas descolados e galerias bacanas (bacanas mesmo!), comparáveis a Berlin, Tóquio e Los Angeles.

Os bairros Jardins e Pinheiros ainda dominam esse mercado, mas basta dar uma voltinha pelo Cambuci, Glicério ou pelo Centro da cidade, para ver cada vez mais espaços em prédios antigos, que renovam constantemente sua programação, com workshops, palestras, saraus e até pocket shows, para se tornarem ainda mais atraentes e completos.

Como adoramos o tema, decidimos listar 11 galerias imperdíveis na cidade. Pra curtir e inspirar!

1.A7ma

A A7MA (pronuncia-se A-sétima) fica num ponto estratégico da Vila Madalena, justo em frente ao Beco do Batman (a meca do graffiti brasileiro) e virou referência, com quartos recheados de obras de artistas emergentes, staff simpático e preços honestos. Todas as quartas-feiras acontecem o já consagrado Sarau do Burro, com performances incríveis, e aos sábados sempre tem alguma expo de qualidade ou um agito interessante!

a7ma

2. King Cap

A King Cap começou como uma graffiti shop (a primeira fora do centro de SP) vendendo latas de spray, canetões para tags e camisetas importadas. Hoje, conta com um espaço no andar de cima que abriga algumas das melhores exposições da cidade, sempre impécáveis! Vale a pena conhecer e dar uma folheada nos livros e revistas que eles tem por lá. O Instagram da loja também é bem bacana :)

king cap

3. Tag Gallery

Ocupando um espaço no centro histórico da cidade, a Tag Gallery deriva do antigo Tag and Juice, que era um mix de galeria e loja para bikes fixed gear. Com curadoria de Billy Castilho, se dedica ao desenvolvimento da Street Art e sua conexão com artistas de todo o mundo. As vernissages são animadas e a vista do prédio é bem especial, a cara de SP.

tag

4. Overground Art Studio Gallery

Próximo à Pinacoteca de São Paulo, está o criativo estúdio que tem como conceito apresentar artistas ousados e pichadores veteranos. Sob a tutela de Zezão (celebrado artista que desenha nos esgotos dos maiores centros urbanos do planeta), a galeria tem uma linguagem underground bem vanguardista. Pra sair do óbvio…

over

5. Pivô

Em pleno edifício Copan (do mestre Oscar Niemeyer), o PIVÔ é uma associação cultural sem fins lucrativos que promove atividades de experimentação no campo da arte, arquitetura, urbanismo e outras manifestações contemporâneas. A programação contempla exposições, intervenções, cursos, debates e palestras, alternando projetos de concepção e produção própria. Para quem gosta de fotografar,  a locação é bem linda!

pivo

6. Galeria Gravura Brasileira

Fundada em 1998, essa casinha rústica nasceu com a proposta de mostrar a gravura histórica e contemporânea em toda a sua diversidade, com exposições temporárias e um acervo belíssimo. A galeria diz ser o único espaço de exposições no país dedicado somente à gravura, com mais de cem exposições realizadas nos últimos 10 anos. Um clássico!

gravura

7. Choque Cultural

A Choque Cultural foi a grande pioneira dessa febre do Street Art paulistano, e foi palco de exposições épicas de artistas renomados como Gêmeos, Coletivo Bijari Speto ainda no final dos anos 90. O núcleo de artistas representados pela galeria ainda é um dos mais poderosos do país. Não deixe de passar por lá e confira a fachada que vai se transformando a cada temporada. Respeito total!

choqueL-640x426

8. White Cube

Filial da famosa galeria de Londres, a White Cube desembarcou em São Paulo para expandir o cenário da arte contemporânea em meados de 2012 e ainda se mantém fresca e original. Instalada num antigo depósito, traz vários artistas internacionais para expor com frequência. Avant Garde!

A fachada da White Cube

 

9. Doc Galeria

Essa é para os amantes de fotografia, como nós! (E não estamos falando de Instagram) A galeria, que também funciona como escritório, está focada no que é captado por lentes alheias, com propostas pra lá de interessantes. Além das expos, o espaço também realiza oficinas e encontros para debater Arte fotográfica.

docgaleria1

10. Casa Triângulo

Desde 1988, a Casa Triângulo é uma das galerias brasileiras mais importantes e respeitadas da cena de arte contemporânea, e se destaca por desempenhar um papel crucial na construção e consolidação de carreiras de vários artistas relevantes na história recente da arte brasileira, como o grafiteiro Nunca, por exemplo. Um must see pra quem curte arte!

trian

11. Museu aberto de Arte Urbana

E, como não poderia deixar de ser, temos um representante definitivamente urbano: o Museu aberto é formado por 66 pilastras de sustentação da linha Azul do metrô, e ficam na Avenida Cruzeiro do Sul. Pintados por 58 grandes nomes do Graffiti, a iniciativa do projeto surgiu quando 11 deles tentavam pintar essas mesmas pilastras e acabaram presos pela polícia. Após solucionarem a questão, amadureceram a ideia, foram atrás da regularização fiscal e ainda ganharam o apoio da Secretaria de Estado da Cultura, que bancou todas as latas de spray! É só chegar…

aberto

Posted by