Matueté Blog
13 de fevereiro de 2020 0

:: By Matueté | Dica do Viajante | Natureza | Produções Matueté

Em Julho organizamos uma viagem especial para destinos que são nosso xodó no Brasil: Lençóis Maranhenses, Alter do Chão e rio Tapajós, à bordo do Tupaiú. O sucesso foi tamanho que gostaríamos de dividir a carta de agradecimento com vocês:

Matuete_Lençois_Maranhenses_01

Voltamos recentemente da nossa viagem aos Lençóis Maranhenses, Alter do Chão e rio Tapajós. Foram 8 dias no total, ficamos todos muito felizes e satisfeitos, só temos elogios a fazer.

Matuete_Lençois_Maranhenses_02Em primeiro lugar, a natureza que Deus nos proporciona nesses
lugares é de cair o queixo e de encher a alma! Não devem nada a cenários espetaculares por esse mundo afora, rivalizando com Grand Canyon, Perito Moreno, Yosemite, Ilhas Gregas entre outras maravilhas.

Matuete_Lençois_Maranhenses_03Mas é justamente em lugares menos desenvolvidos e sofisticados, como os que temos no Brasil, que conseguimos enxergar de perto o serviço, os detalhes, as pessoas e o capricho com que vocês organizam nossas viagens.Tudo perfeito e impecável. As hospedagens, embora simples (e fomos avisados disso), são muito agradáveis e simpáticas.

Matuete_Lençois_Maranhenses_04

No roteiro todo, o ponto alto foi o atendimento, as pessoas que nos receberam e os programas. Em Atins, destaco as lagoas e o pôr do sol; o motorista excelente, o restaurante da Sesé; o jantar na Ferme de George e os passeios
de Stand-up e de quadriciclo.

Matuete_Lençois_Maranhenses_05

O Tupaiú é muito gostoso e é uma maneira especial de conhecer o Tapajós. Nos encantaram as praias, os banhos de rio, a trilha na floresta, a canoagem, os pontos onde ancoramos para dormir, mais pôr do sol, fauna e flora locais, pesca de piranha, artesanato e principalmente as pessoas: sempre atenciosasalegres e dispostas

Matuete_Lençois_Maranhenses_06

E, durante toda a viagem, nossa anfitriã: simpática, prestativa, alegre, disponível e pronta para mudar qualquer coisa que solicitávamos. Esses anfitriões são um ativo muito importante da Matueté, que vamos sempre incluir em nossas viagens.
Fazem a diferença.

Matuete_Lençois_Maranhenses_07

Obrigado novamente e até a próxima.
Abraços, L.O.R.M

Posted by
12 de fevereiro de 2020 0

:: (a) Europa | Produções Matueté

 

Matuete_Piemonte_01

Entre os Alpes e a Ligúria, cercado por colinas verdejantes cobertas por uma típica neblina e vinhedos a perder de vista,o Piemonte é um dos melhores lugares para mergulhar na dolce vita da Itália.A dica é esquecer a pressa para aproveitar programas como percorrer estradinhas sinuosas com vistas incríveis, flanar por vilarejos minúsculos, repletos de construções históricas, e, claro, se deliciar com o sabor inigualável da trufa e do vinho Barolo, dois clássicos da região.

Junto com a nossa anfitriã Patricia Kozmann, moradora da Itália há longa data e especialista em enogastronomia, elegemos dez experiências que tornam o destino especial. Da caça às trufas ao museu do vinho, é impossível não se encantar com os pequenos prazeres do Piemonte.

1. Desvende a história do Vinho 

Matuete_Piemonte_02

O Museo del Vino – Wi-Mu fica na antiga casa da família Falletti di Barolo, responsável por transformar o Barolo em um dos maiores tintos da atualidade. Ao lado de nossa anfitriã, descubra a trajetória desse vinho e da bebida na história da civilização.

2. Visite uma vinícola subterrânea

Matuete_Piemonte_03

Fundada em 1867, a Contratto tem uma adega escavada na rocha, a 32 metros de profundidade. É lá, na charmosa cidade de Canelli, que são produzidos vinhos espumantes no antigo método clássico.

3. Cace o verdadeiro tartufo

Matuete_Piemonte_04

Ao lado de um “trifulau” – nome dado ao caçador de trufas, em dialeto piemontês – e de um cachorro, embarque nessa aventura em busca dos perfumados tartufos. Como cenário, um bosque bucólico na região de Asti.

4. Cozinhe com quem entende

Matuete_Piemonte_05

Difícil não se encantar pela gastronomia italiana, então que tal aprender alguns de seus segredos? Em Roddi, um chef comanda aulas divertidas, em que cada aluno prepara a sua própria massa e sobremesa.

5.  Aproveite uma autêntica trattoria

Matuete_Piemonte_06

Refeições sem pressa são regra por aqui – vale lembrar que o movimento Slow Food começou no Piemonte. Em Santo Stefano Belbo, se esconde uma trattoria que faz delícias artesanais e com ingredientes fresquíssimos. Entre os preferidos, ovo caipira no copo com lascas de trufas e uma seleção de queijos piemonteses.

6.  Descubra a iguaria local

Matuete_Piemonte_07

No alto de uma colina, a pequenina Cherasco é famosa por ter alguns dos caracóis mais saborosos do mundo. Vale conhecer o Istituto di Elicicoltura, que desde 1973 estuda e cultiva o molusco de maneira natural. Para coroar, prove o risotto com escargot, alho preto e raspas de limão do Ristorante da Francesco, que tem uma estrela Michelin. Outra boa dica para comer escargots é o Osteria della Rosa Rossa, simples e delicioso.

7.  Perca-se em um vilarejo histórico

Matuete_Piemonte_08

Visitar a histórica parte alta de Monforte D’Alba vai além de observar as colinas piemontesas em um mirante de tirar o fôlego. Depois de passear sem rumo por suas casinhas coloridas e construções de pedras, aprecie o incrível anfiteatro Horszowski, cenário do festival de jazz & blues que acontece em julho.

8.  Aproveite as cores do Outono

Matuete_Piemonte_09

A folhagem outonal deixa o cenário ainda mais mágico, então, que tal um passeio de bicicleta pelos vilarejos? O programa termina com um delicioso almoço em um pequeno restaurante comandado pela “Mamma”.

9.  Viva como um local

Matuete_Piemonte_10

Depois da caça às trufas, acompanhe o trifulau até sua casa para comer uma bela massa com a trufa que acabou de encontrar.

10. Mergulhe no sabor das trufas

Matuete_Piemonte_11

 Aproveite a febre das trufas e, nos finais de semana de outubro e novembro, visite a Feira Internacional do Tartufo Branco, em Alba. Uma boa dica para comprar a iguaria a preços mais acessíveis.

———————————————————————————————————————————————————-

Consegue sentir o perfume das trufas e do Barolo? Nossa época favorita para visitar a região é durante os meses de outubro e novembro, quando a temporada de trufas atinge o auge e as cidadezinhas ganham ainda mais vida. 

Além de desenvolver roteiros sob medidas para você, com experiências verdadeiramente únicas, oferecemos benefícios exclusivos nos melhores hotéis da região.

Posted by
3 de setembro de 2019 0

:: Insider | Sem categoria

Cruzeiros de expedição

Foi-se o tempo em que viajar de navio era sinônimo de passar dias ao mar curtindo um serviço primoroso e, nas paradas, fazer passeios breves e pré-determinados em cidades mais turísticas. Quando se fala em cruzeiros de luxo, a ordem da vez são as viagens de expedição.

A ideia é desbravar destinos remotos, mas sem abrir mão do conforto. Não à toa, companhias tradicionais já têm seus roteiros de aventura. Pensadas para grupos menores, são viagens com uma programação flexível, que pode variar de acordo com as condições climáticas ou (boas) surpresas encontradas pelo caminho.

Que tal navegar entre inúmeras morsas em uma praia deserta ou visitar uma ilha de 20 habitantes em que pouquíssimos barcos chegam a cada ano?

De tão especiais, estas experiências costumam esgotar rapidamente, portanto, é hora de se programar. Selecionamos algumas aventuras imperdíveis:

 Descubra os cenários mais remotos do Alasca

Em parceria com a National Geographic, a francesa Ponant elaborou um roteiro que passa pelas minas de ouro do Alasca. Detalhe: a companhiaé especializada em regiões extremas. Com saída prevista para setembro, a viagem passa por glaciares gigantes, montanhas impressionantes, lagos cristalinos e parques nacionais repletos de ursos.

 Próxima saída: 15 de setembro de 2019

Cruzeiros de expedição no Alasca

 Conheça os segredos da Antártica ao lado de Amyr Klink

Com mais de 40 viagens pelo continente gelado, o explorador acompanha o roteiro da Quark Expeditions, empresa focada em viagens de expedição.O programa, que ocorre em novembro deste ano, terá diversas atividades e palestras com especialistas, além de atividades como stand up paddle, exploração em botes Zodiacs e passeios de caiaque.

Próxima saída: 03 de novembro de 2019

Cruzeiro de expedição com Amyr Klink

Passe o Carnaval em busca da vida selvagem de Galápagos

A bordo de um navio da Silversea, viva aventuras comandadas por guias certificados ao lado de iguanas marinhas, leões do mar e tartarugas gigantes no arquipélago do Pacífico que tanto inspirou Charles Darwin. Na volta, nada como descansar com exclusividade – são apenas 100 lugares –, que aproveitam a estrutura que inclui spa, piano bar, academia, jacuzzi e biblioteca.

 Próxima saída: 22 de fevereiro de 2020

Cruzeiro de expedição em Galápagos

Navegue pelos cantos mais inexplorados da Antártica

Partindo de Ushuaia, os roteiros do novo navio da Seadream incluem experiências pensadas por exploradores e cientistas com longa bagagem. Entre elas, desbravar geleiras intocadas e dormir sob as estrelas.

Próximas saídas: 27 de novembro de 2021 e 17 de dezembro de 2021

Cruzeiro de expedição Antártica

 

 Pronto para embarcar em uma jornada de exploração e conhecimento pelos destinos mais inacessíveis do planeta?  Fale com um de nossos consultores e viva esta experiência única.

Se você ainda não é cliente Matueté entre em contato com a gente para saber como trabalhamos.

Posted by
12 de agosto de 2019 0

:: Dica do Viajante

marrocos

Depois de conhecer alguns dos principais pontos do Marrocos, nossa cliente Duda Cidade voltou fascinada pelo país. Aqui, ela divide suas impressões.  Embarque nessa viagem conosco.

—-

 Marrocos é simplesmente apaixonante.

Nosso primeiro destino, Marrakech, é uma cidade pulsante e cheia de personalidade - mistura exótica de mercado árabe borbulhante com a elegância e bom gosto dos anos 50. Sua Medina, a antiga cidade fortificada, um enorme labirinto de ruelas, passagens estreitas e becos, vibra com o burburinho de comerciantes oferecendo seus produtos, e locais, sempre ruidosos, envolvidos com seus afazeres.

Matuete_Marrocos2

Além, é claro, de turistas, encantados com o primoroso artesanato, ou simplesmente em busca de pequenos e charmosos riads, geralmente com uma casa de chá ou um bar simpático, onde se tem uma visão privilegiada do belíssimo pôr do sol caindo sobre a malha densa das construções ocre da cidade, contra o azul intenso do céu marroquino.

Matuete_Marrocos3

Ficamos hospedados no La Mamounia. Sua elegância e tradição dispensam comentários. O hotel, encravado ao lado de um maravilhoso jardim, de oliveiras centenárias, laranjeiras e limoeiros carregados de frutos, canteiros com cactus de inúmeros tipos e formatos, e muitas  flores – é simplesmente deslumbrante! A bela arquitetura de suas instalações, primorosa nos detalhes da tradição marroquina, completa o visual espetacular.

Matuete_Marrocos_06

Ali, o acolhimento é marcado pelo “savoirfaire” e a atenção de outros tempos. E seu Spa, já eleito como o melhor do mundo por revistas especializadas, traduz a excelência de seus serviços, além de oferecer um Hammam imperdível!

Matuete_Marrocos_6

O Museu Dar Si Said justifica uma visita só pelo incrível trabalho decorativo de suas instalações. Sua coleção de arte e artefatos é extremamente interessante e muito bem apresentada. E os Jardins Marjorelle, se mesclam perfeitamente à bela e exótica arquitetura da antiga residência do estilista Yves Saint Laurent, ali preservada.

Matuete_Marrocos7

Cidade animada, com intensa e variada vida noturna, Marrakech é definitivamente um ponto alto no Marrocos! Após 7 dias de muita exploração pela cidade, com direito à aula de culinária marroquina entre tantas coisas, seguimos de carro para a Cordilheira dos Atlas e nos instalamos no Kasbah Bab Ourika, que está em uma região cuja população é eminentemente berbere. Situado no alto de um vale frutífero e com vista de 360 graus, trata-se de um verdadeiro oásis de tranquilidade. Seu Spa usa somente produtos orgânicos, feitos com plantas da região.

Matuete_Marrocos8

Ali visitamos vilarejos à beira do rio Ourika, com um guia super simpático, nascido no lugar, e cheio de informações sobre o povo berbere e sua história. O toque divertido foi parar para tomar um café, ao som de música berbere, em um dos inúmeros“ lounges” improvisados pelos comerciantes locais na beira da água. Sofás e poltronas coloridos e um tanto surrados aos pés das imponentes montanhas da cordilheira compunham o visual exótico.

Matuete_Marrocos_11

Partimos então para Fés, cidade essencialmente berbere e tradicional, que nos surpreendeu, grande mérito de nosso fantástico guia, Hashid. Um reservatório de informações e conhecimento profundo da cidade e da cultura marroquina, Hashid é professor na Universidade de Fés, a mais antiga do mundo. Certamente nos acompanhar, foi uma enorme deferência, sem dúvida por obra da Matueté, que tanto nos paparicou!! Conhecido em todas as partes, Hashid nos levou também à várias cooperativas de artesãos, onde nos perdemos em meio a tantas opções de seu maravilhoso artesanato.

Matuete_Marrocos9

A Medina de Fés, também fervilhante, me pareceu ainda mais intrincada que a de Marrakech, com inúmeras passagens estreitíssimas e cheias de mistério, onde se tinha a impressão que cada curva guardava uma surpresa totalmente inesperada…Em Fés nos hospedamos no Riad Fés, no coração da cidade antiga, cujo ambiente nos fez sentir parte das Mil e uma Noites…

Matuete_Marrocos10

Com ótimos restaurantes, a cada refeição, o tajine, prato típico de carnes e legumes cozidos, em uma panela de cerâmica do mesmo nome, parecia ficar melhor. Destaque para o Maison Bleu, onde encerramos nossa viagem.  Uma despedida calorosa e com a firme intenção de voltar assim que possível.

—-

Da costa do Mediterrâneo à imensidão de areia do Saara, passando por cidades cheias de história, o Marrocos é um país que não cansa de surpreender os viajantes. Esperamos que esse relato apaixonado te faça arrumar as malas para descobrir cada um dos seus segredos.
E conte conosco para planejar cada detalhe de sua próxima aventura.
Seja pelo Marrocos ou qualquer outro canto do planeta.

Matuete_Marrocos11

Posted by
0

:: (a) Américas

A Amazônia é definitivamente um dos lugares mais especiais do planeta.
“Os pulmões da terra, o coração da América do Sul, a alma do Brasil”, como nosso sócio Martin Frankenberg costuma dizer. E não importa quantas viagens a gente tenha organizado para o destino, um de nossos favoritos no mundo: ele não cansa de nos surpreender e inspirar.

amazonia_matuete1

 

Para nós, desbravar a região é jantar em uma praia deserta sob as estrelas, conhecer a fundo uma comunidade ribeirinha e andar de voadeira entre ilhotas perdidas; tudo isso sem multidão e com conforto de sobra. Até o final do ano,
a chuva por lá diminui, o nível dos rios desce e praias inesquecíveis aparecem para deixar o cenário ainda mais exuberante. Então que tal embarcar conosco nessa aventura absolutamente transformadora?

amazonia.matuete2

 

Flutuando

Uma das melhores formas de desvendar a floresta e seus encantos é de barco. Pense em um horizonte 360 graus como companhia constante, paradas estratégicas em algumas das praias mais lindas do Brasil e noites embaladas pelas águas calmas dos rios Negro e Tapajós. Detalhe: ao contrário do que muitos pensam, não há mosquitos por lá.

matuete_amazonia3Mas, além de tudo isso, navegar é a chance de unir pequenos grupos
de amigos ou família. Isso porque a Matueté tem acesso a uma seleção de barcos privativos – dos charmosos regionais reformados aos iates de luxo –, que são a melhor opção para quem busca viagens customizadas.

matuete_amazonia4Pensados sob medida para cada viajante, os roteiros são acompanhados
por guias especializados, chefs e um produtor Matueté responsável por cuidar de todos os detalhes. Quem preferir pode se hospedar em um lodge charmoso e contar com toda a estrutura Matueté em expedições diárias que desbravam
o melhor da região.

Imersão
Seja nas centenas de ilhas, igarapés e igapós que acompanham a região
do rio Negro, ou nas incríveis praias fluviais que encontramos ao longo do rio Tapajós, trata-se de uma viagem repleta de experiências que ficarão para sempre na sua memória.

Matuete_Amazonas_01

Entre os destaques, os inesquecíveis banhos de rio sem ninguém por perto, as caminhadas que são verdadeiras aulas da fauna e flora locais, os encontros com as comunidades ribeirinhas e o voo de hidroavião que desvenda o ecossistema local a partir de um novo ângulo.

amazonia_matuete_6

Para os mais curiosos, que tal uma aula de sobrevivência na selva? Por algumas horas ou mesmo uma noite inteira, um ex-capitão do exército te leva mata adentro para ensinar a fazer fogo, construir abrigos, armadilhas para animais e outros desafios.

amazonia_matuete7

São muitas aventuras pensadas para contemplar um dos espetáculos mais fascinantes da terra. Fale conosco e viva uma experiência Matueté na Amazônia.

Posted by