TAPIOCA
Matueté Blog
25 de maio de 2012 0

:: (a) Américas | Insider | Urbano

Como o próprio nome já diz, (Broadway significa “caminho amplo” em português), o circuito formado por 43 teatros tem uma imensidão de opções para todos os gostos. São tantas luzes e cartazes que fica difícil saber por onde começar. Integrante da equipe Matueté, Heloísa de Palma é atriz e não perde os espetáculos do circuito teatral mais famosos do mundo. Aqui ela dá dicas dos melhores shows da temporada.

 “Once” – Baseado no filme de mesmo nome, tem clima de um irish pub, com elenco reunido no palco fazendo uma jam session de músicas irlandesas, e o público convidado a se juntar a eles. Além de aproveitar a música ao lado dos atores, há um bar em cima do palco e o mais entusiasmados podem comprar um whisky e entrar ainda mais no clima da peça. A música é contagiante.

A peça se passa em Dublin e conta a história de Guy, um músico que ganha a vida consertando aspiradores de pó, e Girl, que se apaixona pela música de Guy e o incentiva a acreditar em seu talento. As músicas de estilo folk são lindas e maravilhosamente executadas pelo elenco, que, além de cantar, também toca os instrumentos! O musical concorre ao Tony Awards de 2012 em diversas categorias e vale a pena para quem já viu de tudo e busca algo diferente.

 “Death of a Salesman” – O clássico de Arthur Miller conta com a atuação de Phillip Seymor Hoffmann. A peça não tem grandes efeitos especiais, cenários arrojados ou números musicais. Só teatro e atores. E que atores!

 “The Book of Mormon” - Vencedor do Tony de 2011, o espetáculo continua lotando graças ao texto de humor ácido sobre dois missionários que vão à África catequizar um povoado em Uganda. Muito disputada, entra no roteiro apenas daqueles que planejam suas viagens com antecedência.

“Wicked” – Espetáculo para toda a família, conta a história da Bruxa Má do Oeste, personagem de “O Mágico de Oz”. Com boa música, drama, comédia, cenários, figurinos e efeitos, ganhou o Tony 2004.

“Newsies” – Produção da Disney Theactricals, conta a história de entregadores de jornal no início do século XX que sonham em ter uma vida melhor. O roteiro é complementado por incríveis números de dança e cenários a la Disney, que dispensa maiores comentários e, naturalmente, vem empolgando o público.

“Peter and the Starcatchers” - Grande concorrente ao Tony Awards deste ano, o espetáculo – que conta como Peter Pan se recusou a nunca mais crescer – tem linguagem criativa e atores que se dividem em mais de 30 personagens.

“Anything Goes” – Com composições de Cole Porter, o “musicalsão” tradicional conta com números de sapateado e músicas alegres. E, como todo clássico, não perde sua majestade.

“Evita” – A atriz argentina, Elena Roger, convence na interpretação, mas não vocalmente. Para quem não é um grande fã de Ricky Martin, que interpreta Che Guevara, aproveite o seu curto tempo (afinal, em Nova York o tempo sempre é curto) para explorar outras opções da Broadway.

Posted by