TAPIOCA
Matueté Blog
21 de junho de 2012 0

:: (a) Europa | Acontece por aí | Insider

Por indicação do chef Laurent Suaudeau, Bobby Betenson – um dos sócios da Matueté, em sua última temporada parisiense aproveitou para conhecer o Le Bouclard, do chef Michel Bonnemort, e não se arrependeu. “O restaurante é bem pequeno, frequentado principalmente por gente local. A especialidade da casa é o foie gras, e o ambiente é típico de um pequeno bistrô dos anos 40”.

O bistrô, a poucos passos da Place Clichy, em Montmartre, é um daqueles lugares em Paris que poucos turistas têm a vantagem de conhecer.  Na cozinha, Bonnemort – que viveu 25 anos em Nova York -, resgata as receitas de sua bisavó, Rosalie, com toques contemporâneos. O que os americanos chamam de “comfort food”, o chef apelida de “cozinha da avó”, traduzindo uma culinária caseira para o requinte da alta gastronomia.

Como os parisienses já conhecem bem o endereço, Bobby recomenda fazer reserva para não aguardar muito tempo no bar. E na hora de escolher? “O carpaccio de Coquille St. Jacques foi inesquecível”, lembra ele.

Rosalie, bisavó do chef Bonnemort, foi a grande inspiração para o menu do Le Bouclard

Posted by