TAPIOCA
Matueté Blog

*Urban

5 de novembro de 2015 0

:: (a) Américas | *Urban | Art & Architecture | Brazil - Southeast Region | Urbano

O centro de São Paulo, quem diria, tem se tornado um dos hot spots mais interessantes (e bonitos!) da cidade.

E isso graças a 10 talentosos artistas que revitalizaram as paredes desgastadas do largo do Arouche durante o O.bra Festival, que aconteceu há algumas semanas.

        a              b

Com murais de até 60 metros de altura, pintados por grafiteiros do mundo todo, o festival enaltece justamente um dos maiores atrativos de SP: a arte de rua!

          c             d

Chega a ser emocionante passear na tradicional região paulistana e testemunhar o contraste de saudosismo e contemporaneidade, riquíssimo em experiências e sensações.

Os muros, antes monocromáticos, agora contam histórias e pontos de vista.

          e            f

Um prato cheio para novos visitantes e, principalmente, pra quem já estava acostumado com a paisagem urbana.

Não deixe de conferir…

*Imagens: @babikhadur 
Posted by
16 de setembro de 2015 0

:: (a) Américas | *Urban | Acontece por aí | Art & Architecture

Domingo, 20 de setembro, é dia de inauguração badalada na Grand Avenue, em Los Angeles.

Trata-se do The Broad, um novo museu de arte contemporânea projetado pelo renomado estúdio de arquitetura Diller Scofidio + Renfro em colaboração com o estúdio Gensler.

the1

Se não bastasse a estrutura pra lá de impactante do edifício, o museu vai abrigar quase 2.000 obras de arte da Broad collection (com artistas de calibre, como Jeff KoonsJoseph BeuysKeith Hering, Basquiat, Damien HirstBarbara Kruger) e que está entre as explorações mais proeminentes da arte do pós-guerra e contemporânea em todo o mundo!

Um dos highlights da abertura será o Infinity Mirrored Roomda “amante das bolinhas” Yayoi Kusama; uma caixa forrada de espelhos e um display de LED que parece nunca ter fim! Além de uma projeção do descolado videomaker islandês Ragnar Kjartansson e uma pintura de 82 metros de Takashi Murakami.

               the2              the3

E o mais bacana é que a entrada tem admissão geral, basta garantir o cadastro pela web.

Cali is active! :)

*Fonte de Imagens: http://www.thebroad.org/
Posted by
8 de setembro de 2015 0

:: (a) Europa | *Urban | Acontece por aí | Art & Architecture | Urbano

Novidade quente para viajantes antenados que estiverem pelas redondezas de Paris nas próximas semanas: de 12 de setembro a 17 de outubro, a Galeria Perrotin recebe a aguardada exposição do grafiteiro e fotógrafo francês JR - reconhecido como um dos artistas mais inovadores e influentes da atualidade, seja pelo skills afiado e visão de mundo avant-garde, quanto por sua filiação a nomes de peso, como Robert de Niro, Bono, Pharrell Williams, entre outros.

11

Para os que ainda não ligaram a obra ao artista, JR é o responsável pelos projetos Inside Out (dos belos e impactantes retratos em preto e branco que já rodaram o mundo inteiro), Face2Face (sobre a questão separatista entre israelitas e palestinos), Women are Heroes (sobre mulheres impactadas pela violência no morro da Providência, no Rio de Janeiro) e a parceria com o Ballet de Nova York para o filme Cité des Bosquets, com inspiração nas revoltas urbanas dos subúrbios parisienses em 2005.

                12             14

A exposição na Galeria Perrotin documenta, dessa vez, os últimos 10 anos de trabalho do artista, com muitos vídeos, fotografias e até uma instalação imersiva que remete aos cenários de Cité des Bosquets.

16

Em uma palavra: IMPERDÍVEL!

Posted by
4 de setembro de 2015 0

:: (a) Europa | *Urban | Acontece por aí | Art & Architecture | Dica do Viajante | Urbano

Poucos destinos são tão ousados e vanguardistas quanto Berlin; seja na arte, na arquitetura, no comportamento… e agora também nos shoppings!

A movimentada região de Alexanderplatz e Fernsehturm são os grandes pontos de referência do lado ‘East’ da cidade. Já o lado ‘West’, agora conta com mais um ícone de uma Berlin cosmopolita e sempre ávida por novidades: o Bikini Berlin.

1

O Bikini é o primeiro Concept Mall da Alemanha. Moda, Design, Lifestyle e Gastronomia experimentam em 17mil m² um novo formato de consumo, compensado por um audacioso projeto arquitetônico.

Além de concept stores de marcas já estabelecidas, o Bikini apresenta ainda 19 stands (o chamado Bikini Berlin Pool) para novos nomes, marcas e start ups apresentarem suas “novas ideias”. Tudo isso, além de experiências, eventos, exposições e workshops; afinal, inovação é grande constante do Bikini.

2

A Gestalten, editora de  livros incríveis, também garantiu um espaço muito legal por lá, o Gestalten Pavilion, e nos meses quentes do ano, uma área enorme ao ar livre, com cafés e chilling areas deliciosas, ocupam o terraço do Concept Mall, com vista direta para o o Zoológico. Uma maravilha!

3

E, finalmente, a primeira filial em Berlin da criativa e nada convencional cadeia de hotéis 25 Hours, que elaborou suas acomodações no estilo “urban jungle”, no ultimo andar. (Sim, por que a vista vale a pena e a decoração merece a visita, até para quem não se hospeda por lá!)

4

Motivos de sobra para explorar este super oásis urbano, não é mesmo? E quem estiver por terras alemãs no final do ano, ainda pode se esbaldar na pista de patinação do gelo, que fica até fevereiro de 2016.

Wir wollen!

*Imagens de divulgação do site: www.bikiniberlin.de/en/home/

Posted by
21 de julho de 2015 0

:: (a) Oceania | *Beach | *Urban | Acontece por aí | Adventure | Dica do Viajante | Natureza | Urbano

Uma das coisas mais legais na Matueté é quando alguém da nossa equipe volta de um destino cheio de dicas fresquinhas… e dessa vez foi a Luiza Vaz Moreira, uma de nossas gerentes internacionais, quem esteve pela Austrália e trouxe vários highlights na bagagem.

1

Explorar Sydney, segundo a Lu, em um passeio de barco pelo Harbour Bay é um jeito incrível de babar pela melhor vista da cidade! As ilhas Lord Howe e Hamilton também não podem faltar para os que curtem um belo visual: praias de areia absurdamente branca, água cristalina e riquíssima biodiversidade. E a boa pedida em Melbourne – conhecida pela alta qualidade do Street Art e suas ruazinhas misteriosas -, é fazer o tour “Hidden Secrets of Melbourne”, que vasculha todos os cantinhos da cidade além dos restaurantes e lojas mais descoladas.

                   2            3

Vale a pena conhecer a península Freycinet, na costa leste da Tasmânia. A dica gastronômica por lá fica por conta do Hotel Saffire, que promove uma experiência deliciosa numa fazenda de ostras, onde você mesmo escolhe e degusta acompanhado de uma boa taça de champagne! E para os Art Lovers, imperdível também é o MONA Museum: depois de um passeio de ferry bem animado, chega-se ao local – que é considerado bastante ousado por causa do acervo pra lá de original – e durante a visita eles fornecem um IPad  com vários detalhes e curiosidades. A Lu adorou!

4

Se também ficou animado pra conhecer tudo que rola no Down Under, fale com a gente. 

Posted by
16 de julho de 2015 0

:: (a) Europa | *Urban | Acontece por aí | Art & Architecture | Dica do Viajante | Urbano

Experiências inusitadas parecem mesmo ser a última tendência para viajantes destemidos que, assim como nós, adoram fugir da normalidade.

Um bom exemplo disso é o Urban Camping , um projeto inovador que acontece no verão de Amsterdã, até o final de agosto, e consiste numa exposição de arte ao ar livre na qual você também pode passar a noite. Já pensou?

amst1

A ideia de viver a “experiência artística de dormir”, partiu da holandesa Annette van Driel e de uma associação de arquitetos, artistas e voluntários que criaram 12 instalações, cada qual com um conceito e uma maneira única de promover a interação do hóspede com o seu objeto durante a noite.

                      amst7        amst4

Esta é a segunda edição do evento e pela primeira vez na praia de Blijburg, que fica em Ijburg, um bairro recém construído na cidade.

amst5

Uma dica original pra quem está curtindo o verão europeu e quer voltar pra casa com uma boa história pra contar. :)

E aí, anima?

*Fotos do site: www.urbancampsiteamsterdam.com/en/
Posted by
10 de julho de 2015 3

:: (a) Américas | *Urban | Acontece por aí | Brazil - Southeast Region | Gastronomy | Hospitality | Top 5

Há algum tempo uma tendência já bastante conhecida em lugares como Nova York, Berlin e até mesmo Buenos Aires começou a ganhar popularidade em São Paulo e Rio: os chamados “jantares secretos”.

Tratam-se de experiências gastronômicas exclusivas em lugares improváveis, como uma livraria, uma galeria de arte ou até mesmo uma laje em pleno Morro do Vidigal, e muitas vezes o local do evento e o menu só são divulgados no mesmo dia.

Pode até soar como uma roubada, mas garantimos que não é! De fato, é uma maneira incrível de conhecer novas culturas e os sabores populares mais originais.

Separamos 5 opções para os que ficaram com vontade de conferir de pertinho:

1. Clandestino

O Clandestino  ocupa um sobrado ao lado do beco do Batman, no bairro da Vila Madalena, em SP, onde a chef Bel Coelho recebe 22 comensais, 1 vez ao mês, que pagam o jantar antecipadamente e se entregam a uma noite cheia de surpresas. O menu de seis ou mais etapas é todo inspirado nas viagens que a chef fez por 20 estados, privilegiando ingredientes bem brasileiros.

bel

2. Jantar Secreto

Gustavo Rigueiral, do catering Chef à Porter, também aderiu ao formato e decidiu receber dez pessoas por noite em um local  só  revelado no dia do evento, através de um e-mail, podendo ser em uma sala de jantar residencial, um studio de fotografia, ou um jardim ao ar livre em algum canto da cidade. O menu também é uma surpresa e traz memórias da infância do chef. A ideia é receber as pessoas de uma forma intimista, onde todos podem palpitar até na trilha sonora. Legal né? Para os interessados, basta mandar um e-mail para jantares.secretos@gmail.com e receber as coordenadas.

gus

3. Casa do Araujo

A casinha charmosa do músico Gustavo Araújo, que fica no coração da Vila Mariana, em São Paulo, também tem atraído muitos curiosos afim de uma experiência diferente. Há 4 anos, preferivelmente nas noites de sexta-feira,  Araujo recebe em sua casa e cozinha para cerca de 20 pessoas. Para reservar, basta mandar um e-mail para gustavo@casadoaraujo.com.br. Uma delícia!

ar

4. Fechado para Jantar

E o Rio também aderiu a essa onda de informalidade…. O chef Raphael Despirite organiza jantares em lugares pra lá de inusitados. Os eventos já aconteceram em livrarias, teatros, no Morro do Vidigal, em uma loja de utensílios de cozinha e até em uma biblioteca pública. Para mais informações, clique aqui. :)

clo

5. Casa da Tia Léa

Quem diria que um terraço no morro do Vidigal, uma das favelas pacificadas do Rio de Janeiro, iria se tornar um dos hot spots da cidade maravilhosa? Tudo culpa de Tia Léa, cozinheira de mão cheia, que começou a servir feijoada aos sábados em sua casa e já recebeu elogios até da rainha Elizabeth, da Inglaterra! Comida saborosa, um sambinha para animar e uma vista deslumbrante do Leblon e Ipanema; estes são os ingredientes que não faltam na “laje” da Tia Léa e que se tornaram um sucesso carioca. :)

leah

Posted by
7 de julho de 2015 0

:: (a) Américas | *Urban | Acontece por aí | Culture & History

A exposição Kandinsky: Tudo Começa Num Pontodo celebrado pintor russo Wassily Kandinsky, está passando uma temporada no Brasil desde novembro (já passou por Brasília, Rio e Belo Horizonte), mas amanhã (08.07) é a vez de São Paulo ter o privilégio de conferir as mais de 150 peças do artista, um dos mais influentes do século 20 e considerado o pai do abstracionismo.

ka

É a primeira vez que uma exposição dessa magnitude sai da Europa, uma oportunidade rara de conferir as influências marcantes da  trajetória artística de Kandinsky e sua relação com a espiritualidade e a cultura popular. Imperdível mesmo!

A mostra fica na cidade até setembro no Centro Cultural Banco do Brasil e é gratuita.

Nada melhor que esquentar as tardes de inverno com inspiração e sensibilidade. :)

Posted by
17 de junho de 2015 0

:: *Urban | Acontece por aí | Art & Architecture | Dica do Viajante | Top 5 | Urbano

Todo destino tem ao menos um “tesouro arquitetônico” e um bom viajante sempre traz de volta pra casa suas referências favoritas.

Nós adoramos acompanhar as últimas tendências da arquitetura moderna (com shapes cada vez mais ousados, vanguardistas e impressionantes), por isso convidamos uma de nossas sócias (a.k.a. Design Lover) Anita Besson Moraes Abreu, para dividir os projetos que mais chamaram atenção em suas últimas viagens mundo afora.

Confira na galeria abaixo as construções mais incríveis segundo ela, e não esqueça de anotar suas pérolas também:

1. Heydar Aliyev Centre 

Esse é o museu que a renomada artista iraquiana Zaha Hadid, uma das favoritas da Anita, projetou e que se ergue imponente no meio dos edifícios que confirmam o passado ‘soviético’ da capital do Azerbaijão, Baku. Curvas, arcos, perspectivas… um espetáculo!

10

2. Carpet Museum

Já que começamos em Baku, impossível não falar sobre o Carpet Museum, com um design desafiador e super criativo, que mais parece um tapete voador enrolado! O projeto é do austríaco Franz Janz e o museu é considerado  Património Cultural  da Humanidade pela UNESCO. Demais, não é mesmo?

2

3. Musée des Civilisations d’Europe et de Méditerranée 

Em Marseille, na França, o Museu das Civilizações é obra do arquiteto Rudy Ricciotti e a fachada parece uma enorme tela rendada. Fica localizado na entrada do antigo porto, uma área que foi toda revitalizada recentemente. Inesquecível!

3

4. L’Ombriere 

Também em Marseille e projetado por Norman Foster, essa fantástica estrutura fica no porto da cidade, bem onde funcionava o antigo mercado da cidade. Se tornou um espelho d’agua enorme que reflete as pessoas que passam por ali, os barcos…. basta olhar para cima e apreciar o movimento.

5

5. Louis Vuitton Fondation

E na lista da Anita não poderia faltar um bom representante em Paris, claro! A Fundação Louis Vuitton, do famoso arquiteto Frank Gehry mais parece um intrincado jogo de curvas e sobreposições, como um barco gigante, navegando no meio do Parque Bois de Boulogne. Superbe!

4

6. Bio Museum 

Outra obra prima da arquitetura é o novo Museu da Biodiversidade no Panamá, também idealizado por Frank Gehry. Divertido e genial!

6

7.  Teshima Museum

E a surpresa das nossas sugestões é o Teshima Museum, no Japão, obra do celebrado arquiteto Ryue Nishizawa e que a Anita, por sinal, ainda não conhece…. mas, só por enquanto. :)

8

Posted by
10 de junho de 2015 0

:: *Urban | Acontece por aí | Art & Architecture | Brazil - Southeast Region | By Matueté | Sem categoria | Top 5 | Urbano

Pode até parecer que São Paulo tenha se tornado a queridinha do Street Art mundial do dia pra noite, mas esse reconhecimento é fruto de muita persistência e audácia de vários entusiastas urbanos que, há anos, investem em arte criativa e fazem da cidade um celeiro de artistas descolados e galerias bacanas (bacanas mesmo!), comparáveis a Berlin, Tóquio e Los Angeles.

Os bairros Jardins e Pinheiros ainda dominam esse mercado, mas basta dar uma voltinha pelo Cambuci, Glicério ou pelo Centro da cidade, para ver cada vez mais espaços em prédios antigos, que renovam constantemente sua programação, com workshops, palestras, saraus e até pocket shows, para se tornarem ainda mais atraentes e completos.

Como adoramos o tema, decidimos listar 11 galerias imperdíveis na cidade. Pra curtir e inspirar!

1.A7ma

A A7MA (pronuncia-se A-sétima) fica num ponto estratégico da Vila Madalena, justo em frente ao Beco do Batman (a meca do graffiti brasileiro) e virou referência, com quartos recheados de obras de artistas emergentes, staff simpático e preços honestos. Todas as quartas-feiras acontecem o já consagrado Sarau do Burro, com performances incríveis, e aos sábados sempre tem alguma expo de qualidade ou um agito interessante!

a7ma

2. King Cap

A King Cap começou como uma graffiti shop (a primeira fora do centro de SP) vendendo latas de spray, canetões para tags e camisetas importadas. Hoje, conta com um espaço no andar de cima que abriga algumas das melhores exposições da cidade, sempre impécáveis! Vale a pena conhecer e dar uma folheada nos livros e revistas que eles tem por lá. O Instagram da loja também é bem bacana :)

king cap

3. Tag Gallery

Ocupando um espaço no centro histórico da cidade, a Tag Gallery deriva do antigo Tag and Juice, que era um mix de galeria e loja para bikes fixed gear. Com curadoria de Billy Castilho, se dedica ao desenvolvimento da Street Art e sua conexão com artistas de todo o mundo. As vernissages são animadas e a vista do prédio é bem especial, a cara de SP.

tag

4. Overground Art Studio Gallery

Próximo à Pinacoteca de São Paulo, está o criativo estúdio que tem como conceito apresentar artistas ousados e pichadores veteranos. Sob a tutela de Zezão (celebrado artista que desenha nos esgotos dos maiores centros urbanos do planeta), a galeria tem uma linguagem underground bem vanguardista. Pra sair do óbvio…

over

5. Pivô

Em pleno edifício Copan (do mestre Oscar Niemeyer), o PIVÔ é uma associação cultural sem fins lucrativos que promove atividades de experimentação no campo da arte, arquitetura, urbanismo e outras manifestações contemporâneas. A programação contempla exposições, intervenções, cursos, debates e palestras, alternando projetos de concepção e produção própria. Para quem gosta de fotografar,  a locação é bem linda!

pivo

6. Galeria Gravura Brasileira

Fundada em 1998, essa casinha rústica nasceu com a proposta de mostrar a gravura histórica e contemporânea em toda a sua diversidade, com exposições temporárias e um acervo belíssimo. A galeria diz ser o único espaço de exposições no país dedicado somente à gravura, com mais de cem exposições realizadas nos últimos 10 anos. Um clássico!

gravura

7. Choque Cultural

A Choque Cultural foi a grande pioneira dessa febre do Street Art paulistano, e foi palco de exposições épicas de artistas renomados como Gêmeos, Coletivo Bijari Speto ainda no final dos anos 90. O núcleo de artistas representados pela galeria ainda é um dos mais poderosos do país. Não deixe de passar por lá e confira a fachada que vai se transformando a cada temporada. Respeito total!

choqueL-640x426

8. White Cube

Filial da famosa galeria de Londres, a White Cube desembarcou em São Paulo para expandir o cenário da arte contemporânea em meados de 2012 e ainda se mantém fresca e original. Instalada num antigo depósito, traz vários artistas internacionais para expor com frequência. Avant Garde!

A fachada da White Cube

 

9. Doc Galeria

Essa é para os amantes de fotografia, como nós! (E não estamos falando de Instagram) A galeria, que também funciona como escritório, está focada no que é captado por lentes alheias, com propostas pra lá de interessantes. Além das expos, o espaço também realiza oficinas e encontros para debater Arte fotográfica.

docgaleria1

10. Casa Triângulo

Desde 1988, a Casa Triângulo é uma das galerias brasileiras mais importantes e respeitadas da cena de arte contemporânea, e se destaca por desempenhar um papel crucial na construção e consolidação de carreiras de vários artistas relevantes na história recente da arte brasileira, como o grafiteiro Nunca, por exemplo. Um must see pra quem curte arte!

trian

11. Museu aberto de Arte Urbana

E, como não poderia deixar de ser, temos um representante definitivamente urbano: o Museu aberto é formado por 66 pilastras de sustentação da linha Azul do metrô, e ficam na Avenida Cruzeiro do Sul. Pintados por 58 grandes nomes do Graffiti, a iniciativa do projeto surgiu quando 11 deles tentavam pintar essas mesmas pilastras e acabaram presos pela polícia. Após solucionarem a questão, amadureceram a ideia, foram atrás da regularização fiscal e ainda ganharam o apoio da Secretaria de Estado da Cultura, que bancou todas as latas de spray! É só chegar…

aberto

Posted by