TAPIOCA
Matueté Blog

(a) África

6 de junho de 2016 0

:: (a) África | (a) Américas | (a) Ásia | (a) Europa | Acontece por aí | Brazil - Central-west Region | By Matueté | Celebrações | Matueté em Campo | Matueté on the road | Nature | Natureza | Produções Matueté | Sem categoria

Maio foi um mês muito especial na Matueté. Viagens inacreditáveis, novidades saindo do forno, a vida foi animada aqui na rua Tapinás.

Dá uma olhada no que aconteceu, é muito bom dividir com você.

marrocos menor

O mês de maio deu start a uma temporada – até setembro – importante para você que busca se aventurar pelo Marrocos: um roteiro de verão da Maisons de Rèves, conjunto de casas dos sonhos, que podemos até chamar de Oásis.

DSC_3945

 O projeto mais famoso deles é um Kasbah no deserto de Ouarzazate, o Dar Ahlam, mas que fica impraticável no verão marroquino.

Pensando nisso, foi criado um percurso por duas belas casas tradicionais no sul do país, com programas de praia, passeios de bicicleta, contemplação dos campos de argan e da paisagem tranquila.

 DSC_4973

DSC_4641        DSC_4251

 ___________________________________________________________________________

unnamed

A Matueté cada vez mais digital

Esse mês começam os testes de uma nova ferramenta para facilitar a sua viagem. Em parceria com o aplicativo Axus*, você poderá consultar itinerários, reservas, dicas, de qualquer lugar. A primeira viagem com a utilização do Axus acontecerá em breve e voltamos com mais novidades.

___________________________________________________________________________

rev biro tokyo

 

Gabi Figueiredo na Revista do Birô

Para a primeira coluna da nossa Diretora de Viagens, Gabi Figueiredo, o destino escolhido não podia ser mais perfeito: Tokyo. A beleza evidente no caos da cidade é característica marcante e deixa os viajantes com vontade de não voltar.

Leia a coluna na íntegra na Revista do Birô. É só clicar na foto!

 

___________________________________________________________________________

piracaia novo

Maio foi um mês muito especial na área de Villas da Matueté. Destinos para todos os tipos de viagens foram incluídos no nosso portfólio, da represa de Piracaia à Itaipava na serra carioca, casas encantadoras e com diversas atividades se tornam a nossa aposta para as suas férias de inverno desse ano.

kigo

Junto com o lançamento das Casas de Campo, estreamos uma plataforma no lugar do site tradicional da Matueté Villas. O novo site traz informações completas sobre cada destino, facilitando assim a sua busca para o destino perfeito e momentos inesquecíveis em família ou com um grupo de amigos.

___________________________________________________________________________

pantanal

 

Já pensou em passar alguns dias em uma verdadeira fazenda pantaneira, mas com conforto e boa comida?

Durante a temporada de maio a setembro, o Pantanal está em sua melhor época para ser visitado. É quando a água, que antes alagava os campos e pastos, volta para o Rio Negro, as grandes lagoas secam e inicia-se o ciclo da seca. Com isso, toda a enorme variedade de animais do Pantanal se aglomera em torno da água que sobrou. O Vazante do Castelo é um dos maiores – se não o maior – espetáculos de vida selvagem em terras brasileiras.

pantanal

O dia a dia de uma viagem ao Pantanal é dinâmico: safaris, focagem noturna de animais, trilhas na mata, caiaques e, dependendo do lugar, cavalgadas e pescarias. Ao chegar de volta ao lodge, uma boa comida, quartos confortáveis, piscina e uma vista de tirar o fôlego. Não é à toa que o lugar se torna cada vez mais disputado por viajantes de alma aventureira e amantes da natureza de todos cantos do mundo.

Contudo, o Pantanal tem seus segredos, e escolher o lodge certo para cada perfil de viagem é fundamental. As novas acomodações da Caiman – Casa RK e Sede – são a pedida da temporada.

Junto ao Pantanal, é inevitável mencionarmos Bonito, um dos lugares mais lindos do mundo, por que não fazer os dois num roteiro de 8 dias e 7 noites?

308206648_6944052d59[1]  16128188  Departures139

___________________________________________________________________________

bossa

Iniciamos o mês com um foco em Bossa, o que não poderia ser melhor. A preparação de duas lindas celebrações entre amigos na Toscana está a todo vapor, e os detalhes preciosos variam desde a seleção do trio de cordas que acolherá um dos aniversariantes na chegada, à produção do próprio vinho com rótulo da família. Paisagens escolhidas a dedo por onde o grupo passará com suas vespas e logística de todos. Tudo está sendo preparado nos mínimos detalhes para que cada viagem seja produzida com excelência, personalidade e encantamento únicos.

___________________________________________________________________________

Natureza

Uma equipe e a natureza

No corporativo, focamos nossas energias em uma viagem dinâmica de integração, com uma corrida de aventura no meio da mata para os funcionários de uma empresa e suas famílias. Contando com acomodações em um lodge 100% sustentável, a viagem termina com uma festa junina, com direito a quadrilha, fogueira e marshmallows ao cair da tarde.

 

___________________________________________________________________________

highlight

Em maio estruturamos uma das mais incríveis expedições de aventura da Matueté. Uma viagem customizada para estrangeiros pelo Pantanal, Xingu e Rio de Janeiro. Os viajantes acamparam no meio da mata e contaram com paradas estratégicas em instituições como a S.O.S Pantanal, o Projeto Onçafari e a Escola Jatobazinho. Foram feitas doações para cada causa e, nossa equipe, que contou com uma grande campeã de corrida de aventuras, estava sempre um passo à frente para garantir que tudo saísse com perfeição. Foi mais um case de sucesso da Matueté Bossa!

___________________________________________________________________________

Matueté Insider

Destino certo para quem vai para Los Angeles, a cidade costeira de Santa Monica deixa saudade ao lembrarmos do famoso píer com a roda gigante movida a luz solar. Mas o que muitos não sabem é que além de linda, Santa Monica tem o lado artístico rico, e com uma vida social agitada.

Situada num prédio com ares industriais e rústicos, a Bergamot Station é exemplo perfeito do estilo de vida californiano. Um complexo de galerias de arte que recebe até 600.000 pessoas por ano, e que um dia foi uma estação de bonde, ligando o centro de Los Angeles ao Píer de Santa Monica. Foi concebida pelo governo em conjunto com Wayne Black, e hoje em dia é destino certo para os amantes da arte.

___________________________________________________________________________

Bem vindo e Boa Viagem

 

 

Posted by
2 de abril de 2015 0

:: (a) África | Dica do Viajante | Matueté em Campo

Susanna é uma das sócias da Matueté e viaja em busca de experiências capazes de nos transformar. Dê uma olhada em seu relato emocionante pela Etiópia e inspire-se também para suas próximas aventuras…

Foto 0

 

Foto 1

Olá,

No começo do ano passado passei por uma das mais transformadoras experiências de viagem de toda minha vida. Por 10 dias vivi na Etiópia momentos intensos, por vezes chocantes, mas todos incríveis. E, mesmo já passado algum tempo, ainda não me contenho em contar sobre esta viagem onde quer que eu vá!

Foto 2

Em janeiro de 2014, me juntei à três amigas e partimos à este país africano de 95 milhões de habitantes, iniciando nosso roteiro em Lalibela, no norte. Um lugar marcante, com uma coleção de igrejas monolíticas protegidas pela Unesco, esculpidas em rochas e visitadas a partir de uma árida trilha pelas montanhas. Lindo!

Foto 3- uma das igrejas monolíticas de Lalibela, durante o Timkat Festival (comemoração do batizado de Cristo) -

De lá, seguimos para Omo Valley, já no sul, onde aconteceu nossa vivência com as tribos e diferentes etnias. Tendo como base o Lumale Camp, na beira do Rio Omo, tínhamos acesso a um conforto inesperado, já que dormíamos em tendas com ótimas camas, lençóis novinhos, tínhamos chuveiro (tudo bem que o modelo era pouco convencional!) e a comida estava sempre uma delícia. Dali, saíamos em jipe ou barco por longos percursos até alcançarmos as muitas tribos da região, todas de tamanhos, hábitos, costumes e línguas diferentes, mas convivendo em aparente paz. 

Foto 4 - Lumale Camp -

Foto 5- meu nada convencional chuveiro! -

Apenas para ter uma ideia da diversidade, os Karo, tribo do nosso querido guia e motorista Lalo, se pintam de barro branco e enfeitam os cabelos com barro vermelho; os Bennas usam colares nas cores azul e branco e cortes de cabelo inusitados; os Hamar usam anéis pesados na garganta e nos pés, além de um cabelo mais comprido e protegido por henna e óleo. As mulheres da tribo Mursi usam pratos no lábio e na orelha como símbolo de beleza. E todas elas fazem scarification, uma tatuagem corporal impressionante. Foi uma delícia fotografar esta variedade cultural colorida! Porém, analisando com mais cuidado e tentando entender os costumes e estilos de vida destes povos, algumas dúvidas surgiram.

Foto 6- um dos habitantes da tribo Karo -

Foto 7- scarification em garotas da tribo Nyangatom -

 O afastamento da civilização por tanto tempo manteve as tribos no vale do Rio Omo numa vida pré-histórica. São pastores e fazendeiros, criam boi, cabra e ovelha e plantam sorgo, cevada, milho e legumes na beira fértil do rio. São bastante saudáveis, mas moram em ocas pequenas, simples, sujas e no meio do deserto. Usam ferramentas precárias do tempo dos dinossauros, feito por eles mesmos, e suas roupas são de pele de caça. Não há carros, a não ser dos raríssimos turistas, não há escolas e muito menos hospitais. Quase nada do nosso mundo civilizado. Mas impressionantes mesmo são os rituais de mutilação, como os lábios e orelhas alargados, tatuagens pelo corpo (com carvão esfregado em cortes geometricamente alinhados) e cicatrizes que são prova de heroísmo dos homens e de beleza nas mulheres. Confesso que foi difícil dormir depois de presenciar alguns destes, e ainda me pergunto como estes povos conseguiram permanecer tanto tempo afastados da civilização, a ponto de sua existência estar ameaçada em função de qualquer mudança ou intervenção do mundo moderno.

Foto 8 - rituais de mutilação das garotas de Mursi-

A verdade é que esta viagem para a Etiópia me deixou com mais pontos de interrogação do que respostas. E minhas crenças sobre direitos humanos receberam uma bela sacudida! Como querer proteger as mulheres, quando a cultura as ensina que apanhar é sinal de força e devoção? Como proteger as crianças, se há uma lei aleatória que as classifica como mingis e algumas precisam ser sacrificadas? O turismo tem criado uma nova fonte de renda para esse povo. Pela falta de infraestrutura e pela longa e difícil viagem, são poucos os que se aventuram até o Rio Omo, 50 km da fronteira com Sudão do Sul. Mas com o dinheiro, pago pelas fotos que tiramos ou pela participação em rituais culturais, são comprado baldes, dotes (cada mulher custa 127 cabras!), animais e também armas.

Foto 10 - nosso querido guia Lale com a sua mãe -

Mas não será, provavelmente, a partir do turismo que estas tribos irão conservar-se saudáveis e íntegras, em meio à tantas transformações e até guerras ao redor. Acredito que, principalmente, a educação amenizaria os efeitos chocantes do atraso. Nosso guia Lale é um bom exemplo disso: depois de nascer na tribo Karo, uma missionária o adotou quando criança e o educou. Ele é a primeira pessoa da tribo a terminar uma educação formal, usar um telefone celular, responder e-mails em inglês e dirigir automóveis. E, o mais importante: hoje se vê como defensor do seu povo e tribos ao redor, disseminando seu orgulho e mostrando um pouco de sua cultura à intrépidos viajantes como eu!

Espero que tenha gostado do relato e que ele ajude a inspirar viagens incríveis como esta!
Um grande abraço,
769
Posted by
4 de abril de 2014 0

:: (a) África | (a) Brasil | (a) Europa | Top 5

imagem-grande2

A Matueté sugere as mais incríveis viagens para o ano de 2014. De Botswana à Islândia, do Rio de Janeiro ao Tapajós.

Confira essa seleção exclusiva feita pela nossa equipe no Anuário Wish que já está nas bancas ou no link.

Boa viagem!

Posted by
5 de julho de 2012 0

:: (a) África | (a) Ásia | Natureza

Em família, com os amigos ou sozinho, viagens de aventura são sempre marcantes. Experiências como escalar o Monte Kilimanjaro – o maior da África – ou o Everest, no Nepal, são para quem realmente quer adrenalina, roteiros pouco convencionais e visuais inesquecíveis – e que poucas pessoas tem a oportunidade de vivenciar.

No Monte Kilimanjaro (que significa montanha branca na língua da tribo Masai), na Tanzânia, o esforço do aventureiro é só mesmo colocar as pernas para funcionar. Carregadores levam as bagagens e os equipamentos e os anfitriões da aventura se encarregam de montar os acampamentos e providenciar as refeições durante os mais seis dias de escalada pelo top mais alto do continente africano e onde, acreditem, a neve predomina quase o ano todo.

Depois de quase uma semana de subida, o aventureiro pode ser recompensado com dias de tranquilidade e conforto no Arusha Coffee Lodge, na cidade de Arusha. Para quem ainda tiver pique para passeios e caminhadas, vale passear também pela pequena cidade de Moshi – a meia hora de Arusha -, onde está localizado o Kilimanjaro, e que guarda uma das mais lindas visitas das montanhas.

Já a subida de 5.300 metros até o Acampamento Base do Everest, no Nepal, é indicado para escaladores mais experientes. Exige não só condicionamento físico para as quase duas semanas de viagem, como também preparo para enfrentar temperaturas adversas e mudanças bruscas de altitude ao longo do dia. A subida de 11 dias revela paisagem deslumbrantes do Himalaia, que compensam até o frio e o cansaço. Na hora do descanso, tendas esperam os aventureiros exaustos, depois de quase nove horas de subida. No última dia de viagem, um jantar de despedidas em Kathmandu celebra o sucesso da expedição.

Posted by
29 de abril de 2010 0

:: (a) África | Produções Matueté

Acabo de voltar do coquetel de apresentação do Royal Mansour, o mais novo hotel de Marrakech, e confesso que fiquei encantada! São 53 “riads”, espalhados por um jardim maravilhoso, na entrada da Medina. O menor conta com 130 m² (!!) e todos possuem terraço na cobertura com piscina privativa, além de pátio interno com teto retrátil. O restaurante será comandado pelo estrelado chef Yannick Alléno e o spa é o único no mundo autorizado a utilizar produtos Chanel. Aqui, a nova definição de luxo encontra o glamour old style, com muito mármore, lustres fantásticos e mosaicos montados a mão.

A inaguração está prevista para Junho, mas como nessa época o clima é muito quente por lá, o ideal é esperar até Outubro para conhecer esse lugar incrível, quando provavelmente o serviço já estará impecável e as temperaturas mais amenas. O site ainda não está operando, mas quando estiver, olhe lá: www.royalmansour.com

Posted by
29 de março de 2010 0

:: (a) África | (a) Ásia | (a) Oceania

Aproveitando a idéia de que ilhas nos remetem a belas praias, gostaríamos de compartilhar uma lista de nossos locais favoritos pelo mundo para colocar os pés na areia e esquecer da vida. Aproveite as dicas de onde comer bem, os locais foram escolhidos a dedo! Nossa lista é extensa, mas postaremos 3 praias por vez…

Read the rest of this entry »

Posted by