TAPIOCA
Matueté Blog
18 de junho de 2012 0

:: (a) Brasil | Acontece por aí | Insider

Integrante da equipe Matueté, Heloísa de Palma sempre que pode une suas duas paixões: viagem e cultura. Aqui ela conta como foram os três dias de música e mar no Bourbon Festival 2012, em Paraty.

“Paraty é uma cidade que me encanta, e que frequento desde os 13 anos. Afinal, não é qualquer lugar que consegue unir história, lindas praias, gastronomia, cultura e festivais em diversas épocas do ano. Paraty não tem sazonalidade. É uma cidade viva! Minha última passagem por lá foi no início de junho, acompanhando meu marido durante o Bourbon Festival 2012, organizado pelo Bourbon Street Music Club de São Paulo, e nosso dia a dia não poderia ter sido mais perfeito.

Durante o dia alugávamos um barco e visitávamos algumas das mais lindas ilhas e praias da região. Em uma das paradas, conhecemos o restaurante do Hiltinho, na ilha do Algodão. O barco ancora próximo a um pequeno píer e um bote nos leva até a ilha. O visual é incrível, o restaurante, cheio de lounges, é super acolhedor e a comida…deliciosa! Saboreamos postas de robalo acompanhadas de vinho branco.

Com a lua apontando no horizonte, retornamos para terra firme para acompanhar a noite de shows, com destaque para as apresentações de Roy Rogers, Delfeayo Marsalis e Cynthia Girtley. As noites voavam e a cidade, lotada, aproveitava a boa música, dividida em dois palcos. Um, ao lado da Igreja Santa Rita, tinha shows durante a tarde e no começo da noite. O outro, localizado na praça ao lado da Igreja Matriz, sediava as apresentações que aconteciam noite a dentro.

O divertido de Paraty é que, faça chuva, faça sol, seja alta ou baixa a temporada, sempre há uma exposição, um bom restaurante, ateliês e lojinhas para entreter e enriquecer o tempo. Espero voltar em novembro, quando acontecerá o Festival Paraty, também organizado pelo Bourbon Street. Antes disso, teremos a Flip – Festa Literária de Paraty – que também seria outra boa desculpa para visitar a cidade. Quem sabe?

Posted by